(51) 3337-5657 | (51) 3343-4064
contato@clinicawinnicott.com.br

Como o meio nos impacta e nos influencia?

Como as pessoas com quem convivemos e os lugares onde moramos, estudamos, trabalhamos e frequentamos influenciam nossas vidas, posturas, crenças, escolhas, pensamentos e comportamentos? Como influenciam a forma como nos sentimos? Seja de forma agradável, como quando somos recebidos de forma afetuosa e contente, ou de formas mais difíceis, como quando brigamos com alguém que gostamos? O que depende só de mim, e o que é influenciado por outras pessoas?

A abordagem sistêmica entende os sujeitos dentro dos grupos e relacionamentos dos quais fazem parte (como família, amigos, grupos de trabalho, vizinhos, entre outros). Desta forma, foca nos padrões de comunicação e interação existentes entre o sujeito e as pessoas com quem convive, o contexto cultural e social onde está inserido, sua história de vida e familiar, bem como os desafios enfrentados em cada faixa etária, os diferentes papéis desempenhados pelo sujeito, por exemplo, como pai, marido, filho, irmão, colega, etc., e eventos marcantes em sua vida.

A terapia sistêmica pode ser realizada de forma individual, familiar ou de casal, de acordo com as necessidades e possibilidades das pessoas envolvidas. Cabe ao profissional fazer a indicação terapêutica que achar mais indicada para cada caso.

Por Luiza Zselinszky Albrecht
Crp 07/23583

Conteúdos relacionados

Como o meio nos impacta e nos influencia?

Como as pessoas com quem convivemos e os lugares onde moramos, estudamos, trabalhamos e frequentamos influenciam nossas vidas, posturas, crenças, escolhas, pensamentos e comportamentos? Como influenciam a forma como nos sentimos?

Intestino X Saúde Mental

Certos tipos de bactérias e seus produtos metabólicos são associados a presença de depressão e a uma pior qualidade de vida. O intestino é o responsável pela produção de alguns neurotransmissores, e quando ele não está com um microbiota saudável, disfunções de sistema nervoso central podem acontecer, favorecendo o quadro de depressão.

Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o País tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo: 18,6 milhões de pessoas (9,3% da população) convivem com o transtorno. O tabu em relação ao uso de medicamentos, entretanto, ainda permanece.