(51) 3337-5657 | (51) 3343-4064
contato@clinicawinnicott.com.br

Ambientoterapia na Contemporaneidade

A ambientoterapia,também referida por alguns autores como Comunidade Terapêutica,é uma modalidade terapêutica que emergiu no Brasil na década 1960, inicialmente para pacientes adultos, no entanto, no decorrer da mesma década surgiu aprimeira ambientoterapia destinada aos pacientes infanto-juvenis. Na atualidade, a modalidade ambientoterápica através da sua ressignificação no decorrer das décadas está sendo proporcionada em diversos espaços da área da saúde, visando através de um ambiente terapêutico simulador das vivências para além dos muros das instituições, um espaço potencializador para o paciente se (re)conhecer como sujeito do desejo. O artigo analisou esta prática que versa sobre a humanização antimanicomial, através de pesquisas bibliográficas nas quaisse obtiveram informações e reflexões arespeito deste fazer pautado naspotencialidades e nos aspectos saudáveis do paciente,como o protagonismo no seu tratamento, realizando revisitações nas combinações e podendo reformulá-las conforme o processo do tratamento, sugerindo novas atividades através de trocas com a equipeem busca de darvoz ao seu desejo.Conclui-se a necessidade de estudos e pesquisas continuadas sobre esta modalidade, para fins de conhecimento sobre este fazer antimanicomial e contemporâneo à sociedade.

Autora: Larissa Ferreira da Rocha

Artigo completoAmbientoterapia na contemporaneidade: ferramenta antimanicomial à luz da psicanálise

Conteúdos relacionados

Intestino X Saúde Mental

Certos tipos de bactérias e seus produtos metabólicos são associados a presença de depressão e a uma pior qualidade de vida. O intestino é o responsável pela produção de alguns neurotransmissores, e quando ele não está com um microbiota saudável, disfunções de sistema nervoso central podem acontecer, favorecendo o quadro de depressão.

Como o meio nos impacta e nos influencia?

Como as pessoas com quem convivemos e os lugares onde moramos, estudamos, trabalhamos e frequentamos influenciam nossas vidas, posturas, crenças, escolhas, pensamentos e comportamentos? Como influenciam a forma como nos sentimos?

Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o País tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo: 18,6 milhões de pessoas (9,3% da população) convivem com o transtorno. O tabu em relação ao uso de medicamentos, entretanto, ainda permanece.